CataLivros

DE FÃ PARA FÃS! - Blog para apaixonadas(os) por romances, pricipalmente Clássicos Históricos e afins. Resumos, Capas, Curiosidades, Livros para venda.

Minha foto
Nome:
Local: Natal, RN, Brazil

terça-feira, janeiro 23, 2007

De cara nova!

Ávidos leitores, viciadas em livrinhos e correlatos, o blog CataLivros ficou tão grande que precisei arrumar uma filial para ele. Está no ar o Catalivros II, um segundo espaço para saber mais sobre os romances, xeretar as capas e resumos e ler artigos que são publicados na mídia sobre nossos livrinhos.

Catalivros II

Convido vocês para irem conhecer o novo espaço. Este blog antigo permanecerá no ar, apenas não sofrerá mais atualizações.

BJS da Drica

sábado, dezembro 16, 2006

Corações Seduzidos

Clássicos Históricos nº86 (Hearts Series 3/3)
Autora: Gayle Wilson
Título Original: The Gambler's Heart
Publicação Original: Harlequin, 1996
Publicação no Brasil: Nova Cultural, 1996

RESUMO:
"No leito nupcial, o segredo de uma inacreditável paixão!
Londres, 1815 a 1817
Um escândalo explodiu em Londres: quem obrigou Madelyn Fairchild a se casar com Jean-Luc Gavereau? Uma das mais belas clamas do reino jamais se entregaria, de livre e espontânea vontade a um aventureiro com cicatrizes no corpo e na alma! Mas Madelyn enxergara para além do rosto marcado de Jean-Luc, encontrando a própria salvação.

Ele era um amante fabuloso, que jurou vencer todos os fantasmas que povoavam o passado da mulher amada..."

PS: No fim do segundo livro a autora faz referências ao destino de Jean Luc, mas ele é diferente do que é apresentado no terceiro livro. Creio que ela mudou de idéia ao começar a escrever e, com isso, gerou-se uma inconsistencia. Mas não chega a comprometer a trama.
Assim que conseguir o primeiro livro da série, posto aqui.

Corações em Jogo

Clássicos Históricos nº64 (Hearts Series 2/3)
Autora: Gayle Wilson
Título Original: The Heart's Wager
Publicacão Original: Harlequin, 1995
Publicação no Brasil: Nova Cultural, 1995

RESUMO:
"Eles apostaram tudo no amor!
O coronel inglês Devon Burke sabia dos perigos de sua missão. Mesmo assim, foi à França, determinado a encontrar um amigo desaparecido - o homem a quem devia a vida... ou morreria tentando! E a misteriosa Julie de Valmé era sua única esperança de sucesso.
Antes admirada por toda Paris, Julie tivera sua vida destruída na noite em que seu pai morrera. Agora, ela vivia sozinha em um mundo obscuro e perigoso. E o único homem em quem podia confiar não percebia a fascinante mulher sob o disfarce que ela adotara para proteger-se..."

sexta-feira, outubro 13, 2006

Leia, Veja e Ouça!

Ontem a noite, conversando com a Drika (com K, aquela da Livros & Afins), soube que ela encontrou uma pérola num sebo. Uma edição do livro "Em Algum Lugar do Passado", no qual foi baseado o filme com Christopher "Superman" Reeve e Jane Seymour (ai que inveja do cabelo dela!). Para mim foi uma descoberta porque, até então, do alto de minha ignorância, desconhecia o fato de existir o livro. Em homenagem ao Reeve, de quem sou fã, e também ao filme, que é lindo, resolvi montar este artigo. Afinal, quem não gostaria de um amor assim, que trancendesse os limites do tempo e do espaço?

O LIVRO:
Título Original: Bid Time Return

Publicação Original: Richard Matheson, 1975.
Publicação no Brasil: Nova Cultural, 1987.

Resumo:
"Então, ela e eu havíamos estado num mesmo lugar, uma vez."

1971, UM HOMEM ANGUSTIADO À PROCURA DA VIDA.
1896, UMA MULHER OPRIMIDA ESPERANDO O AMOR.
ELES TÊM UM ENCONTRO MARCADO, MAS CONSEGUIRÃO SUPERAR AS IMPLACÁVEIS BARREIRAS DO TEMPO?

O antigo retrato de uma bela mulher invade a vida de richard Collier, um jovem escritor atormentado com o seu presente. Como ecos de um passadodesconhecido, acontecimentos e imagens de uma existência anterior vão tecendo uma rede que acaba por envolver o mundo de Collier. Entre o sonho e a realidade ele se esforça para recuperar esse passado perdido: a mulher que amou e os momentos vividos durante esse grande amor."


O FILME:
Título Original: Somewhere in Time
Tempo de Duração: 103 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1980
Direção: Jeannot Szwarc
Roteiro: Richard Matheson, baseado em livro de Richard Matheson
Música: John Barry
Fotografia: Isidore Mankofsky

Elenco
Christopher Reeve (Richard Collier)
Jane Seymour (Elise McKenna)
Christopher Plummer (William Fawcett Robinson)
Teresa Wright (Laura Roberts)
Bill Erwin (Arthur Biehl)
George Voskovec (Dr. Gerald Finney)
Susan French (Elise - velha)
John Alvin (Pai de Arthur)
Eddra Gale (Genevieve)
Audrey Bennett (Shelley)
William H. Macy
Richard Matheson

Sinopse
Universidade de Millfield, maio de 1972.
Richard Collier (Christopher Reeve) é um jovem teatrólogo que conhece na noite de estréia da sua primeira peça uma senhora, idosa, que lhe dá um antigo relógio de bolso enquanto, em tom de súplica, lhe diz: "volte para mim". Ela se retira sem dizer mais nada, deixando Richard intrigado enquanto volta para seu quarto no Grand Hotel.

Chicago, 1980.
Richard não consegue terminar sua nova peça, assim decide viajar sem destino certo e resolve se hospedar no Grand Hotel. Lá resolve visitar o Salão Histórico, que esta está repleto de antiguidades e curiosidades do hotel, e fica encantado com a fotografia de uma bela mulher. Como não havia plaqueta de identificação Richard procura Arthur Biehl (Bill Erwin), um antigo funcionário do hotel, que diz para Richard que o nome dela é Elise McKenna (Jane Seymour), uma atriz famosa que fez uma peça no teatro do hotel em 1912. Collier fica tão obcecado com o rosto de Elise que decide não partir e então vai até uma biblioteca próxima, onde pesquisa sobre McKenna. Para sua surpresa descobre que Elise é a mesma mulher que lhe deu o relógio, que ele carrega até hoje. Richard então procura Laura Roberts (Teresa Wright), que escreveu o artigo sobre Elise. Inicialmente ela não o recebe bem, mas quando ele mostra o relógio Laura fica espantada, pois era uma objeto de estimação que ela nunca se separava e sumiu na noite em que ela morreu, ou seja, na noite em que falou com Richard. Ao conversar mais calmamente com Laura, Richard toma consciência que ele e Elise tinham vários fatores em comum, mas parece que para achar a peça que falta deste bastante intricado quebra-cabeças ele terá de ir em algum lugar do passado, mas para isto precisa se desligar totalmente do presente."


MAIS...

A TRILHA SONORA:
"A trilha sonora que John Barry compôs para "Em Algum Lugar Do Passado" em muito supera o filme, tornando-se uma das mais bem-sucedidas trilhas de todos os tempos, sendo também uma de suas obras mais românticas e sensíveis." (Submarino)

Músicas
1. Somewhere In Time
2. The Old Woman
3. The Journey Back In Time
4. A Day Together
5. Rhapsody On A Theme Of Paganini
6. Is He The One
7. The Man Of My Dreams
8. Return To The Present
9. Theme From Somewhere In Time

Resenha Editorial:
"Millennium Cinema - Em Algum Lugar do Passado
A melhor obra romântica de John Barry: Embora o filme "Em Algum Lugar Do Passado" tenha feito sucesso em seu lançamento, a trilha sonora composta pelo grande compositor inglês John Barry (famoso por seu trabalho para a série 007) ganhou vida própria tornando-se uma das mais bem-sucedidas trilhas de todos os tempos. Ao invés de sua usual fusão de música clássica com jazz, Barry optou por orquestrações sensíveis com destaque para o piano, enfatizando um romantismo exacerbado, sem nunca cair no sentimentalismo barato da maior parte de projetos similares. O elegante tema do filme, executado por Roger Williams, já se tornou um clássico, enquanto a inclusão de "Rhapsody on a Theme of Paganini," de Rachmaninoff, tornou este compositor um dos mais populares na época do filme. Destaque para "The Journey Back In Time", "The Man Of My Dreams" e "Somewhere In Time". Se você gostou da trilha de "Titanic", irá se apaixonar por esta exuberante obra de John Barry.

Resenha de Marcello Mineiro."

Curiosidades

- Como carros não eram permitidos na região onde ficava o Grand Hotel, a produção de Em Algum Lugar do Passado teve que obter autorização especial da Prefeitura para que pudesse utilizá-los nos sets de filmagens. Entretanto a autorização valia apenas para as cenas que seriam rodadas, não permitindo que atores e a própria equipe técnica usassem carros para se locomover.
- O roteirista Richard Matheson aparece em uma pequena ponta.
- Foi lançada em DVD uma versão comemorativa pelos 20 anos do filme, na qual foi remasterizado digitalmente.
- O orçamento de Em Algum Lugar do Passado foi de US$ 5,1 milhões.


Pesquisa: Drica
Agradecimentos à Drika Teixeira pela imagem da capa do livro.

terça-feira, outubro 10, 2006

A Senhora do Castelo

Clássicos da Literatura Romântica
Autora: Lynda Trent
Título original: The Black Hawk
Publicação Original: Harlequin, 1991
Publicação no Brasil: Nova Cultural, 1992

RESUMO:
"Preconceito social, intrigas pelo poder... Um romance que prende a atenção do começo ao fim!

O Gavião Negro abandonou os mares para se transformar num respeitável homem de negócios. Ele exultava com o sucesso de seus planos. A sorte lhe sorrira tanto que encontrou uma esposa nobre e bela para lhe abrir as portas da alta sociedade. Porém, lady Bianca Stanford representava um perigo capaz de assustar até um destemido corsário.

Fantasmas de antepassados e uma interminável sucessão de estranhos acontecimentos acompanhavam Bianca desde a infância. A vinda inesperada desse atraente e rico pretendente foi recebida como uma solução perfeita para devolver-lhe a felicidade. Nem em seus sonhos mais desvairados ela poderia imaginar que essa união os enredaria numa trama sinistra que iria ameaçar a vida de todos... até da própria rainha Elizabeth!"

Pureza Roubada

Clássicos Históricos Especial 23
Autora: Elizabeth Mayne
Título Original: Heart of the Hawk
Publicação Original: Harlequin, 1995
Publicação no Brasil: Nova Cultural, 1997

RESUMO:

"Ela conquistou o inimigo com a força de seu amor!
Alemanha e França, 841 d.C.

Raptada por um guerreiro saxão, Thea Bellamy enfrentou o maior desafio de sua vida: a mente ordenava-lhe que odiasse aquele homem, mas ela não conseguia dominar os caprichos de seu enlouquecido coração...
E Thea descobriu o irresistível poder da paixão nos braços de Roderick, duque de Emory, seu raptor!"

segunda-feira, outubro 09, 2006

O Senhor do Destino

Clássicos Históricos 17
Autora: Lindsay McKenna
Título Original: Lord of Shadowhawk
Publicação Original: Harlequin, 1992
Publicação no Brasil: Nova Cultural, 1994

RESUMO:
"Apaixonado por uma criminosa!

Lorde Tristan Trayhern já estava acostumado com a crueldade dos soldados ingleses. Mesmo assim, ao encontrar Alyssa Kyle, mais morta que viva, a bordo de um navio-prisão, o nobre galês ficou indignado. Com certeza, a linda jovem de olhos verdes, que ficara cega durante o cativeiro, era uma vítima inocente da recém-eclodida rebelião irladesa. E Tristan jurou protegê-la.

O carinho de Tristan despertou Alyssa de seu pesadelo de trevas. Contudo, embora o conforto e a segurança de Shadowhawk - a mansão da família do lorde, no litoral do País de Gales - aplacasse seus medos, ela sabia que estava desafiando a sorte ao enganar o nobre galês. Alyssa não era uma inocente vítima das circunstâncias, e sim uma inimiga da coroa inglesa!"

domingo, outubro 08, 2006

O Cimério e suas conquistas.

O texto abaixo faz parte do conto "O Colosso Negro". Nesta história, Conan, capitão do exército de Khoraja, é chamado para proteger a princesa Yasmela de um feiticeiro diabólico.
Claro que a princesa fica caidinha pelo bárbaro de olhos azuis...

"Ela estremeceu de novo.
— Estou amaldiçoada. Um demônio dos abismos colocou sua marca em mim. Noite após noite, ele aparece nas sombras, sussurrando segredos horríveis. Ele vai me arrastar para ser sua rainha no inferno. Não tenho coragem de dormir! Ele virá até minha tenda, da mesma forma como veio no palácio! Conan, você é forte. Fique comigo!Estou com medo!
Ela não era mais uma princesa, apenas uma menina cheia de pavor. Deixara seu orgulho despudoradamente de lado. O terror a fizera procurar quem lhe parecera mais forte. A potência quase animal que antes repelira, agora a atraía.
Em resposta, Conan tirou o manto escarlate e colocou-o nas costas da princesa com alguma rispidez, como se fosse impossível para ele protagonizar qualquer gesto de ternura. Sua mão de ferro repousou por alguns instantes sobre o ombro de Yasmela, que estremeceu de novo, não de medo. Assemelhava-se a um choque elétrico: uma onda de vitalidade animal percorreu seu corpo ao mero toque do bárbaro, como se parte de sua força abundante tivesse sido transmitida a ela.
— Deite aqui. — Ele indicou um espaço livre ao lado de uma pequena fogueira. Não via incongruência em fazer a princesa dormir no chão ao lado de um fogaréu de acampamento, enrolada no manto de um guerreiro. Ela obedeceu sem discutir.
Conan sentou-se em uma pedra a seu lado, com a espada sobre os joelhos. A luz do fogo refletia em sua armadura, e ele parecia uma imagem de aço — um poder dinâmico, temporariamente sossegado; não adormecido, mas imóvel por um instante, à espera de um sinal qualquer para entrar de novo em ação. O brilho das chamas brincava em seu rosto, fazendo-o parecer entalhado em uma substância misteriosa, dura como o aço, contudo. Mesmo que estivesse parado, seus olhos queimavam com uma intensidade viva. Ele não era simplesmente um selvagem; era parte dos elementos indomáveis da natureza. Em suas veias, corria o sangue de uma matilha de lobos; em seu cérebro, escondiam-se as profundezas meditativas das noites do norte; seu coração pulsava com o fogo de florestas em chamas. Assim, meio pensativa, meio sonhadora, Yasmela adormeceu, envolta em uma sensação deliciosa de segurança. De alguma forma, sabia que nenhuma sombra de olhos de fogo se curvaria sobre ela na escuridão enquanto aquele bárbaro sombrio de terras distantes a velasse."


E no final, quando ele a salva do feiticeiro, Howard apenas insinua o que acontece depois, cheio de sensualidade velada. O máximo.

"Conan caminhou até o altar e ergueu Yasmela com os braços sujos de sangue. Ela atirou convulsivamente seus próprios alvos braços ao redor do pescoço arredon­dado de Conan, chorando histericamente, e não o deixou desvencilhar-se.
— Em nome de Crom, moça! — resmungou ele. — Deixe-me ir! 50 mil homens pereceram hoje e há muito trabalho a fazer...
— Não! — Yasmela interrompeu, agarrando-o com uma força convulsiva, tão bárbara naquele instante quanto seu medo e sua paixão. — Não vou deixá-lo
ir! Eu sou sua, por fogo, aço e sangue! E você é meu! Lá fora, eu pertenço aos outros. Aqui, eu sou minha... e sua! Você não irá!
Ele hesitou, lutando contra a força de suas próprias paixões violentas. O brilho lúgubre e inumano ainda enchia a câmara, iluminando de maneira fantasmagórica o rosto findo de Thugra Khotan, que parecia rir sombria e terrivelmente para eles. No deserto, nas colinas entre os oceanos de corpos, homens estavam morrendo, uivando com suas feridas, sua sede e sua loucura, e os reinos permaneciam em perigo. Mas então tudo foi apagado por uma onda carmesim que agitava loucamen­te a alma de Conan, enquanto ele apertava em seus braços de aço aquele esguio corpo de porcelana, enroscado ao seu pelo poder de um fogo mais poderoso do que qualquer magia."